Arquivo de março, 2014

Introdução

As vezes temos a necessidade de recriar o perfil de algum usuário no Windows 7. Porem quando excluímos o perfil antigo e nos conectamos novamente com o usuário na estação de trabalho um novo perfil não é criado. Sempre que esse usuário se conecta ele carrega um perfil temporário.

Objetivo

O objetivo deste artigo é mostrar como se corrige o problema de perfil temporário no Windows 7.

Como fazer

Para corrigir esse problema basta apagar uma chave no registro do Windows.

O caminho da chave é: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList

Atenção você deve apagar apenas a chave correspondente ao usuário.

O primeiro passo é abrir o “Editor de registro”, para isso digite “regedit” no “Executar” do Windows e clique em OK.

Será exibido o “Editor de registro”.

Navegue ate: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList

Observe que há varias chaves dentro de ProfileList cada uma delas corresponde ao perfil de um usuários deste computador. Devemos apagar apenas a chave do usuário que esta apresentando o problema com o perfil temporário. Para saber a qual usuário aquela chave pertence basta clicar na chave e verificar o valor preenchido em “ProfileImagePath”. Nesse exemplo eu vou apagar a chave referente ao meu usuário no caso mbertuco.

Agora que encontrei a chave referente ao meu usuário, basta clicar com o botão direito do mouse sobre a chave do meu perfil e clicar em “Excluir”.

Será exibida uma mensagem de confirmação, se realmente desejamos excluir e chave e todas suas subchaves, clicando em sim a chave será excluída e um novo perfil será criando quando o usuário em questão se conectar novamente a este computador.

 

Fonte: http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/10374.resolvendo-problema-com-perfil-temporario-no-windows-7-pt-br.aspx

Resolvendo os problemas do tamanho do ibdata1 no MySQL

Um problema que enfrentava sempre que colocava um aplicativo utilizando o MySQL é o tamanho sempre crescente do arquivo /var/lib/mysql/ibdata1. Este arquivo armazena as tableas do tipo InnoDB e, mesmo que os dados sejam removidos ou elimine tabelas e, até mesmo, banco de dados, o tamanho do ibdata1 não diminui, o que pode ocasionar problemas de espaço em disco mais para frente.
Fazendo uma pesquisa na rede descobri uma boa solução para esta complicação que é definida como padrão em várias instalações do MySQL.
A primeira coisa a fazer é criar um backup de todos os bancos de dados do MySQL que utiliza as tabelas InnoDB. Vamos imaginar que temos apenas um banco de dados deste tipo no servidor MySQL. Então será feito o seguinte:
mysqldump -u”usuario” –password=”senha” –routines bancodedados > bancodedados.sql
Remove o banco de dados propriamente dito no console do MySQL:
DROP DATABASE bancodedados;
Desative o serviço do MySQL:
/etc/init.d/mysql stop
remove o arquivo ibdata1
rm -rf /var/lib/mysql/ibdata1
Edita o /etc/mysql/my.cf e adiciona a seguinte linha aonde está o InnoDB:
innodb_file_per_table
Esta linha faz com que as informações das tabelas fiquem em arquivos em separado.
/etc/init.d/mysql start
Recria o banco de dados no console do MySQL
CREATE DATABASE bancodedados;
Restaura o backup dos banco de dados removido:
mysql -u root -p bancodedados < bancodedados.sql
Depois desta configuração, os dados não ficam mais no ibdata1, e sim nos arquivos *.ibd dentro da pasta do banco de dados relacionado. Em algumas tabelas, este arquivo também cresce e, as vezes, não diminui o tamanho mesmo eliminando dados. Mas, para este problema, existe uma maneira de obter mais espaço no servidor após remover os dados.
Dentro do banco de dados, no console do MySQL, rode o comando
OPTIMIZE TABLE tabela;
Este comando faz com que todo espaço vazio dos dados removidos seja liberado no servidor.
Fonte: http://www.adilson.net.br/2009/12/resolvendo-os-problemas-do-tamanho.html